Foi via Arrastão que tomei conhecimento do blogue do Nuno Artur Silva. Desde que li Produções Fictícias, 13 anos de Insucessos, da Inês Fonseca Santos, que sou admiradora do senhor. Da preserverança para vencer os obstáculos e coragem para inovar num país que está sempre com receio da novidade.
Muitos frontmen do humor nacional devem-lhe as piadas que fizeram história  nos últimos vinte anos – na televisão, na rádio e na imprensa – e criou um viveiro para muitos talentos que andavam por aí perdidos.

livroPF AntologiaHumorPortugues_2009
Tentei conhecer melhor o seu trabalho e li dele recentemente  As Passagens do Tempo, obra num registo melancólico (porque nem só de riso vive um homem), e tenho à espera A Antologia do Humor Português, organizada pelo N.A. Silva em parceria com a Inês Fonseca Santos.
E agora que descobri o blogue, sei que serei visitante assídua.

Anúncios