Pois é, estou a copiar descaradamente uma rubrica do Húmus. Mas tenho a certeza que eles não se importam, vai daí vou dando conta aqui no blogue das novidades que recebo, enquanto não consigo escrever sobre elas no Rascunho.
Começo com três novidades da Porto Editora:

imagem1
«Para impressionar os amigos com a sua inteligência, suplique, peça ou compre O Livro da Ignorância Geral, uma extraordinária colecção de equívocos e ideias erradas muito comuns, compiladas para o programa da BBC QI (Quite Interesting).»

Financial Times

imagem2

«A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas comunicam e interagem entre si; mudou também a forma como as empresas se relacionam com os seus clientes.
É finalmente possível chegar directamente a clientes e consumidores, estabelecendo uma ligação mais próxima com aqueles de quem a sua empresa realmente precisa.
Usando as potencialidades que as novas tecnologias nos proporcionam, conseguimos mais facilmente chegar a nichos de mercado com mensagens direccionadas que custam apenas uma pequena percentagem das avultadas quantias despendidas nas tradicionais campanhas publicitárias. Em vez de inundar os consumidores com publicidade pode concentrar os seus esforços e enviar a mensagem certa, para as pessoas certas, no momento certo», pode ler-se na sinopse.

imagem3


«A Arte de Matar Dragões foi galardoado com o Prémio Felipe Trigo de Novela, revelando o seu autor, Ignacio del Valle, como uma das vozes mais originais e marcantes da narrativa espanhola recente.
Este é o segundo romance do autor a ser traduzido para a língua portuguesa. O primeiro foi O Tempo dos Imperadores Estranhos (Porto Editora, 2008), distinguido com o Premio de la Crítica de Asturias, o Premio Libro con Huella e a menção especial do Premio Dashiell Hammett», na sinopse.

Anúncios