É um sonho de menina, alimentado nas salas escuras onde as imagens se sucedem a ritmos alucinantes.
É uma paixão inesperada, que desde a passada quarta-feira não acalma de intensidade, apesar dos muitos analgésicos.

New York i love you, but you’re bringing me down.

Anúncios