harry-potter.jpg

Segundo, o DN de hoje:
«Na madrugada de terça-feira, um hacker informático divulgou na Internet o que diz ser o final do último livro de Harry Potter, a editar a 21 de Julho (10.º aniversário do lançamento do primeiro capítulo). Gabriel – assim assina o pirata do ciberespaço – afirma ter descoberto como J.K. Rowling encerra a saga e quem morre no desenlace. »

E para quem pensa que isto já é mau o suficiente (seja o final divulgado o verdadeiro ou não), vejam só as motivações do rapaz:
«Gabriel, o hacker, justifica a acção com motivos religiosos. Afirma-se seguidor das palavras do Papa Bento XVI, ainda como cardeal Joseph Ratzinger. “Ele explicou que Harry Potter leva os jovens pelos caminhos da fé neopagã”, diz. Revela o final do livro para “proteger cada um dos leitores e as suas famílias deste tipo de conteúdos”. No fim da mensagem surge um link para o site anti-islão www.challenging-islam.org

Seria cómico – se não fosse trágico. Se este indivíduo não vive num mundo mágico, ao menos permita que alguém viva.

Anúncios